MEMÓRIAS DA ASSINATURA DO TRATADO DE MÚTUO RECONHECIMENTO ENTRE O GRANDE ORIENTE DO BRASIL E A GRANDE LOJA MAÇÔNICA DE BRASÍLIA

Share on facebook
Share on email
Share on telegram
Share on whatsapp

Corria o ano de 2000 e a maçonaria brasileira assistia às tratativas para assinaturas de tratados de mútuo reconhecimento entre o Grande Oriente do Brasil (GOB) e as Grandes Lojas do Brasil.

No Distrito Federal, várias foram as reuniões preparatórias que culminaram na elaboração do documento final. O Grão-Mestre Geral do GOB ouviu o Conselho Federal, e o Grão-Mestre da Grande Loja Maçônica de Brasília (GLMB) – hoje Grande Loja Maçônica do Distrito Federal (GLMDF) – ouviu a Grande Comissão de Relações Exteriores, referendada pela Assembleia Geral Ordinária de 21 de agosto de 2000, e seguiu recomendação da Confederação da Maçonaria Simbólica do Brasil (CMSB).

Há exatos vinte anos, no dia 06 de outubro de 2000, o Soberano Irmão Francisco Murilo Pinto (Grão-Mestre Geral do GOB) e o Sereníssimo Irmão Kalil Chater (Grão-Mestre da GLMB) assinaram o “Tratado de Mútuo Reconhecimento e Fraternal Amizade” entre o GOB e a GLMB.

O histórico documento também foi subscrito pelos seguintes Irmãos:

João Correia Silva Filho, Grão-Mestre do Grande Oriente do Distrito Federal (GODF);

Joseli Dato, Grão-Mestre Adjunto do GODF;

Edelcides Lino de Melo, Grão-Mestre Adjunto da GLMB;

José Rodolfo Hulse, Chefe de Gabinete do GOB;

José Ramos Portilho, Grão-Mestre Ad Vitam da GLMB;

José Reynaldo Penatti, Presidente da Assembleia Distrital Legislativa do GODF;

Jesus Narvaez da Silva, Grande Secretário das Relações Exteriores da GLMB;

Lucas Francisco Galdeano, Grande Secretário-Geral Adjunto de Educação do GOB;

Antônio Rodiguero, Grande Orador da GLMB;

João dos Reis Neto, Venerável Mestre da Loja Obreiro do Planalto nº 2.323, GODF/GOB; e

Paulo José Rocha, Delegado do Grão-Mestre da GLMB.

A solenidade de assinatura do Tratado foi realizada em Sessão Magna Pública e teve lugar no Templo Nobre do GOB, que ficou completamente lotado, e contou com a presença de autoridades maçônicas de todo o Brasil, além de Obreiros das jurisdições da GLMB e do GODF, bem como Cunhadas, Sobrinhos, Sobrinhas e convidados.

blank

Naquela ocasião, exercíamos o cargo de Secretário das Relações Interiores da GLMB e tivemos a honra de fazer a abertura do Livro da Lei no início da Sessão Magna.

O Irmão Marcos Antonio Pereira Noronha exercia, naquela oportunidade, o cargo de Venerável Mestre da Loja Águia do Planalto nº 1.767, GODF/GOB, e esteve presente no evento.

blank

A nossa participação em tão significativa efeméride testemunha que os atuais Grão-Mestre Distrital e Grão-Mestre Distrital Adjunto sempre envidaram esforços para a união da Maçonaria Regular no Brasil e no Distrito Federal.

Aproveitamos para parabenizar a todos os Obreiros que contribuíram e contribuem para estreitar os laços de amizade, tornando a maçonaria do Distrito Federal una e indivisível.

O Plano de Ação e Metas do GODF para o período administrativo 2019-2023 faz avançar, a cada dia, as atividades conjuntas com a GLMDF, hoje sob a liderança do Sereníssimo Irmão Armando Assumpção, Grão-Mestre da GLMDF.

A implementação de ações contínuas do GODF em conjunto com a GLMDF ratifica o “Tratado de Mútuo Reconhecimento e Fraternal Amizade” e confirma a determinação de avançar na arte de construir o Templo Ideal com AÇÃO, FRATERNIDADE e EVOLUÇÃO.

REGINALDO GUSMÃO DE ALBUQUERQUE

Grão-Mestre Distrital

Rolar para cima